Rua Helena, 170 - conj. 23/ 24 - Vila Olímpia - 04552-050 - São Paulo - SP
(11) 5081-5351 ou (11) 5081-7951

Categoria: Noticias

Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes

Created with Sketch.

DMA e Derex debatem com especialistas experiências de sustentabilidade e reciclagem

Para trocar experiências em projetos de gestão de resíduos sólidos no Brasil e em Portugal, os departamentos de Meio Ambiente (DMA) e Relações Internacionais e Comércio Exterior (Derex) da Fiesp realizaram na última segunda-feira (6 de novembro) um workshop com especialistas e empresas do setor de ambos os países. Segundo Mario Hirose, diretor titular adjunto…
Leia mais

Portal FIESP – Prorrogação dos lixões deverá custar R$ 30 bilhões até 2021

Valor seria utilizado na descontaminação do meio ambiente e tratamento da saúde pública Mayara Baggio, Agência Indusnet Fiesp Caso o Congresso Nacional aprove a prorrogação dos prazos previstos na Política Nacional de Resíduos Sólidos para a extinção dos lixões até 2021, como se pretende, o Brasil deverá gastar R$ 30 bilhões para tratar da contaminação…
Leia mais

Yahoo Notícias – Sem dinheiro, Brasil falha no controle de lixões e problema se agrava no país

O Brasil está mais de três anos atrasado no planejamento para acabar com os lixões no país e cerca de 70% dos municípios ainda acumulam resíduos sólidos a céu aberto, segundo o presidente da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (Abetre), Carlos Fernandes. “Não tem proteção ou tratamento de chorume nesses…
Leia mais

Exame – Sustentabilidade financeira para limpeza pública é o grande desafio para a gestão municipal

Veja os cinco maiores desaf O Brasil pouco avançou na consolidação da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Embora a matéria tenha sido um marco em termos de regulação, o País ainda carece de fiscalização para o seu efetivo cumprimento. A afirmação é do presidente da Associação Brasileira das Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes…
Leia mais

Setor de resíduos industriais deve crescer 26% e faturar R$ 16,3 bi em cinco anos, avalia Abetre

Segundo a entidade, o mercado brasileiro para a indústria de proteção ambiental é estimado atualmente em R$ 13 bilhões O setor de tratamento de resíduos industriais no Brasil deve crescer 26% nos próximos cinco anos e atingir a cifra de R$ 16,3 bilhões em negócios no País. A avaliação é da Associação Brasileira de Empresas…
Leia mais

Prefeituras precisam de receita própria para manter serviços de limpeza pública

Inadimplência no setor, que soma R$ 7,6 bilhões, pode deixar muitos municípios com o trabalho de coleta e transporte de resíduos feito de forma parcial ou até mesmo interrompido As prefeituras brasileiras têm um enorme desafio para o próximo mandato a partir de 2017. Os municípios precisam criar mecanismos que garantam receita própria para manter…
Leia mais

Entidade amplia atuação em Minas Gerais com duas novas associadas

Duas empresas que atuam com de tratamento de resíduos no estado de Minas Gerais, a Essencis MG e a Recitec, acabam de se integrar ao quadro da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (Abetre). Com as novas associadas, a entidade amplia a sua atuação efetiva no estado mineiro e reforça ainda…
Leia mais

Erradicação dos lixões só é viável com a criação de consórcios municipais

O prazo para a erradicação do lixões venceu há dois anos e, ainda assim, mais de 3,3 mil municípios ainda utilizam essas áreas para destinar seus resíduos. Sozinhos, porém, os prefeitos jamais conseguirão regularizar a gestão de resíduos, justamente pelo custo proibitivo de se manter um aterro sanitário para atender a apenas uma cidade com…
Leia mais

Lei sobre o lixo dá força a novos tipos de negócio

Folha de São Paulo – Mercado MPME – 13/10/2014