Rua Helena, 170 - conj. 23/ 24 - Vila Olímpia - 04552-050 - São Paulo - SP
(11) 5081-5351 ou (11) 5081-7951

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes

Created with Sketch.

A ABETRE – Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes, sente-se no dever de comunicar a sociedade brasileira os seguintes pontos:

  1. Foi convidada em 24.01.2019 a construir o SINIR – Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão dos Resíduos Sólidos, instrumento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) instituída pela Lei n°. 12.305, de 02 de agosto de 2010;
  2. Aceitou prontamente e, em apenas 133 dias, cumpriu aquilo que, de forma irresponsável, ficou adormecido durante 08 (oito) anos nos escaninhos da burocracia;
  3. O esforço dos associados da ABETRE não só nos permitiu tal realização como, e principalmente, fazê-lo a custo zero para o contribuinte brasileiro;
  4. Através de Acordo de Cooperação Técnica com o Ministério do Meio Ambiente cumpriu a tarefa e, dentro do mesmo acordo, TAMBÉM A CUSTO ZERO para o contribuinte, continuou trabalhando e construiu vários outros sistemas entre os quais o MTR-Manifesto de Transporte de Resíduos, o INVENTÁRIO NACIONAL DE RESÍDUOS, entre outros;
  5. A ABETRE tem continuado sua missão acordada com o MMA. Os técnicos, a direção e os associados, independentemente de Pandemia, férias ou outros afazeres, têm se dedicado, em tempo integral, para fazer com que as tarefas sejam cumpridas e BEM CUMPRIDAS;
  6. Outros sistemas continuam a ser construídos e serão disponibilizados muito brevemente. Nosso objetivo, sempre foi, e sempre será, fazer o máximo na busca de dados necessários ao desenvolvimento do nosso segmento;
  7. O cumprimento da Portaria 280/2020 do MMA, a partir de 01.01.2021, nos dá a satisfação de acreditar que cumprimos nosso papel; Isto nos basta; sensação do dever cumprido;
  8. Simultaneamente muitas organizações – ávidas por enriquecimento, utilizando-se das ferramentas disponibilizadas pela ABETRE ao MMA, continuam – de forma desleal, injusta e imoral – tentando vender produtos (de propriedade da ABETRE) em claro engodo à sociedade brasileira.
  9. A ABETRE, além de injustiçada, sente-se traída e violentada em seus direitos e repudia qualquer tipo de ação neste sentido.
  10. A ABETRE tem uma vida, uma experiência, uma luta pelo setor de resíduos sólidos. São mais de 2 décadas de trabalho duro. Não somos paraquedistas e, por isso mesmo, não aceita ser “usada” por irresponsáveis organizações que, aproveitando-se de conveniências fazem uso indevido daquilo que é legítima propriedade intelectual da nossa associação.

A sociedade brasileira saberá julgar a verdade dos fatos.

São Paulo, 23 de dezembro de 2020.

 

Luiz Gonzaga Alves Pereira

Diretor-Presidente