PUBLICAÇÕES

Conteúdo referencial para o entendimento do tema

A Associação Brasileira de Empresas de Tratamentos de Resíduos e Efluentes (Abetre) reuniu um conjunto de referências bibliográficas sobre tratamento de efluentes, resíduos sólidos e temas afins.

A relação elaborada pela Abetre contempla publicações promovidas pela entidade; estudos e pesquisas aplicáveis ao assunto, com link para as fontes oficiais.

Ela está focada em publicações que apresentam dados e informações sobre a geração de resíduos urbanos e resíduos industriais. Mas inclui, embora com menos abrangência, resíduos de serviços de saúde, de portos e aeroportos, de construção civil, radioativos e reciclagem.

Contempla também publicações voltadas para a relação de áreas contaminadas e reabilitadas.

Esta relação não tem a pretensão de esgotar o assunto, nem de estar totalmente atualizada.

A Abetre agradece qualquer colaboração para o aprimoramento deste conteúdo.

Publicações da Abetre

Resíduos sólidos – Geral

Três anos após a regulamentação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS): seus gargalos e superações.
Publicado por: Selur, ABLP e PWC.

Panorama de Resíduos Sólidos no Brasil: 2016 e
Publicado pela Abrelpe

Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil: 2013
Publicado pela Abrelpe.

Estudo sobre o Potencial de Geração de Energia a partir de Resíduos de Saneamento (lixo, esgoto), visando incrementar o uso de biogás como fonte alternativa de energia renovável – PNUD e Ministério do Meio Ambiente
Publicado por: PNUD e Ministério do Meio Ambiente, em novembro de 2010.

Classificação de Resíduos Sólidos – Norma ABNT NBR 10004:2004
Apresentação elaborada pela Abetre, em 2006.

Resíduos sólidos: Manual de boas práticas no planejamento
Publicado pela Abrelpe em 2013

Resíduos e Pós-Consumo
Publicado pela FGV/CES em 2013, como parte do projeto Inovação e Sustentabilidade na Cadeia de Valor.

Plano Nacional de Saneamento Básico – PLANSAB
Publicado Ministério da Cidades em dezembro/2013

Plano Regional de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da Baixada Santista | PRGIRS/BS
Publicado pelo Comitê Gestor do PRGIRS/BS

Visão da Indústria Brasileira sobre a Gestão de Resíduos Sólidos
Publicado pela CNI em 2014.

Portal MMA – Licenças ambientais on-line – PNLA
O Portal Nacional do Licenciamento Ambiental permite a realização de buscas de licenciamentos ambientais nos órgãos responsáveis por esta atividade nas esferas federal, distrital e estadual. Estas buscas podem ser realizadas utilizando diversos filtros de pesquisa e de forma online (direto no banco de dados de todos os órgãos licenciadores) ou por meio de um cache de dados fornecidos pelo MMA (neste caso, o resultado pode ter defasagem na atualização de algumas horas ou dias)

RSU – Resíduos urbanos

Estimativa de investimentos em aterros sanitários para atendimento de metas estabelecidas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos entre 2015 e 2019
Publicado pelo BNDES em set/2014

ISLU – Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana para os Municípios Brasileiros. (Folder)
Publicado pela Abrelpe 2017

Estimativa dos Custos para Destinação Adequada de RSU no Brasil
Publicado pela ABRELPE em maio/2015

Inventário Estadual de Resíduos Sólidos Urbanos (São Paulo)
Publicado pela Cetesb.

Pagamento por Serviços Ambientais Urbanos para Gestão de Resíduos Sólidos – Ipea
Publicado pelo Ipea, em maio de 2010.

Gestão da Limpeza Urbana – Selur, ABLP e PWC
Publicado por: SELUR, ABLP e PWC, em abril de 2010.

Diagnóstico do Manejo de Resíduos Sólidos Urbanos – 2010 – SNIS (Ministério das Cidades)
Publicado pelo Ministério das Cidades, em junho de 2012.

Relatório da Situação da Disposição Final de Resíduos Sólidos Urbanos no Estado do Paraná 2012
Publicado pelo IAP em fevereiro/2013

Análise das diversas tecnologias de tratamento e disposição final de RSU no Brasil, Europa, Estados Unidos e Japão
Lançada em dezembro de 2013, esta publicação apresenta uma síntese de informações e conhecimentos produzidos nesse projeto de pesquisa, que foi financiado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, e executado pelo Grupo de Resíduos Sólidos da Universidade Federal de Pernambuco (GRS/UFPE), por meio da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco – FADE.
O projeto tem como objetivo estratégico a avaliação de diferentes tecnologias de tratamento e disposição final dos resíduos sólidos urbanos (RSU), empregadas no Brasil, Europa, Estados Unidos e Japão, visando determinar a viabilidade de aplicação nas regiões brasileiras, considerando suas especificidades socioeconômicas e ambientais.

Estudo do estado da arte e análise de viabilidade técnica, econômica e ambiental da implantação de uma usina de tratamento térmico de resíduos sólidos urbanos com geração de energia elétrica no estado de Minas Gerais.Relatório 1 – Estado da arte do tratamento térmico de resíduos sólidos urbanos com geração de energia elétrica (publicado pela FEAM em 2010)
Relatório 2 – Avaliação técnica, econômica e ambiental da implantação de uma usina de tratamento térmico de resíduos sólidos urbanos em Minas Gerais (publicado pela FEAM em 2010)
Relatório 3 – Estudo prospectivo das alternativas governamentais, nacionais e internacionais, voltadas ao financiamento de plantas de geração de energia elétrica a partir de resíduos sólidos urbanos (publicado pela FEAM em 2009)

RAGR – Resíduos agrossilvipastoris

RSI – Resíduos industriais

RSS – Resíduos de serviços de saúde

RCC – Resíduos da construção civil

Resíduos da Construção Civil e o Estado de São Paulo – SindusCon-SP e SMA
Publicado pelo SindusCon-SP e SMA, em maio de 2012.

REE – Resíduos eletroeletrônicos

Logística Reversa de Equipamentos Eletroeletrônicos – Análise de Viabilidade Técnica e Econômica
Publicado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial – ABDI em 2013