Rua Helena, 170 - conj. 23/ 24 - Vila Olímpia - 04552-050 - São Paulo - SP
(11) 5081-5351 ou (11) 5081-7951

Encontro debate tecnologias para gestão de aterros sanitários em SP

Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes

Created with Sketch.

Nesta segunda-feira (9), a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado (SIMA), por meio do Comitê de Integração de Resíduos Sólidos (CIRS), promoveu o workshop “A Evolução na Gestão de Aterros Sanitários: Novas Rotas Tecnológicas para a Drenagem, Monitoramento e Tratamento de Chorume”.

O evento, realizado na capital, ocorreu em parceria com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), Associação Brasileira Resíduos Sólidos (ABLP) e a Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (ABETRE).

“Estamos comprometidos para implantar na íntegra a Política Nacional dos Resíduos Sólidos em harmonia com a Política Paulista de Resíduos”, comentou na abertura da iniciativa o secretário-executivo da SIMA, Luiz Ricardo Santoro.

Sustentabilidade econômica

A ação também contou com a presença do diretor de Avaliação de Impacto Ambiental da Cetesb, Domenico Tremaroli, da diretora de Controle e Licenciamento Ambiental da Cetesb, Zuleica Maria Lisboa Peres, do presidente da ABLP, João Gianesi, e do presidente da ABETRE, Luiz Gonzaga.

“Essa é uma oportunidade fundamental para discutir a sustentabilidade econômica, pois, sem ela, não avançaremos com nossas intenções e responsabilidade sociais”, salientou João Gianesi.

“Um evento como esse é realmente algo importante, seja para a academia, sociedade e empresas do nosso seguimento. Estamos prontos para seguir trabalhando em prol da evolução na gestão dos resíduos”, afirmou Luiz Gonzaga.

“Estamos dispostos a enfrentar e fazer frente a esse desafio e produzir uma solução adequada para o Estado”, destacou Domenico Tremaroli. “Não deixaremos de produzir lixo. Então, precisamos avançar com as nossas metas estabelecidas”, enfatizou Zuleica Maria Lisboa Peres.

Temas

O encontro teve apresentações sobre temas como “Panorama dos aterros sanitários licenciados no Estado” e “Tecnologias consolidadas e o estado da arte em tratamento de chorume”, entre outros. No período da manhã, os painéis foram conduzidos pelo coordenador-executivo do CIRS, José Valverde Filho. A atividade da tarde teve mediação da gerente da Divisão de Logística Reversa da Cetesb, Lie Helena Demange, com a participação do presidente da ABETRE, Luiz Gonzaga.

Fonte:

https://sbtinterior.com/noticia/encontro-debate-tecnologias-para-gestao-de-aterros-sanitarios-em-sp,5625847714184.html