Rua Helena, 170 - conj. 23/ 24 - Vila Olímpia - 04552-050 - São Paulo - SP
(11) 5081-5351 ou (11) 5081-7951

Presidente da Abetre leva propostas para erradicação dos lixões no Rio de Janeiro

Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes

Created with Sketch.

Entre as sugestões, estão a criação de receita vinculada e a sistematização de contratos de adesão para a regionalização do serviço de disposição de resíduos domésticos

Em audiência pública da Assembleia Legislativa do Rio Janeiro, realizada no dia 18 de abril, o presidente da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (Abetre), Carlos Fernandes, apresentou uma série de propostas de erradicação dos lixões no estado carioca.

O objetivo da audiência foi discutir em conjunto com as prefeituras, poder executivo estadual, ministério público, setor empresarial e órgãos ambientais as alternativas para equacionar a gestão de resíduos nos municípios cariocas.

Entre as sugestões apresentadas por Fernandes, estão a criação de receita vinculada e a sistematização de contratos de adesão para a regionalização do serviço de disposição de resíduos domésticos, com a participação da União e dos Estados.

“Somente quando as prefeituras equacionarem a questão financeira, com a inclusão de receitas vinculadas e sistemas de regionalização da gestão de resíduos, é que os lixões de fato começarão a ser extintos no Brasil”, comentou Fernandes.

“Diversos municípios do País já adotam o modelo de destinação regional de resíduos, como, por exemplo, o Rio Grande do Sul, a Grande São Paulo e a região de Campinas”, acrescentou.